home ›› Lançamento ›› Mais Forte - Olimpíadas seguras em meio ao caos

Lançamento

Mais Forte - Olimpíadas seguras em meio ao caos

Henrique Borri




Talvez o maior mérito dos autores de Mais Forte tenha sido o de transmitir ao leitor, com riqueza de detalhes e agilidade jornalística, um universo que, diante da grandiosidade de uma Olimpíada, fica, à primeira vista, praticamente invisível. Porém, sem a retaguarda de uma segurança especializada, que envolve incontáveis elementos, jamais os atletas poderiam encantar a plateia com recordes e feitos extraordinários. E muito menos o público poderia desfrutar do espetáculo com tranquilidade. O desafio, no caso do evento no Rio de Janeiro, foi redobrado em função do momento político e econômico desfavorável; isso para dizer o mínimo. Mas, em meio a um clima de instabilidade e desconfianças, o que se viu foi uma postura otimista dos responsáveis pela segurança, que encararam todos os desafios como se estivessem diante de uma verdadeira disputa olímpica. Nesse caso, o adversário era uma complexidade que se multiplicava na medida em diminuíam os recursos econômicos disponíveis. Nesse momento, entrou em campo, ou em quadra, a agilidade e a competência de uma equipe de profissionais competentes, dedicados e muito bem treinados. Capaz, mais do que qualquer coisa, de responder com rapidez aos problemas que uma crise impõe. O resultado final e todas as peripécias desse trabalho, o leitor poderá conferir nessa obra, de fato, original.

Ficha Técnica

Ano da Publicação: 2017
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 272
ISBN: ISBN: 978-85-62063-81-7
Gênero: Documentário
Preço: R$ 50

Sobre o Autor



Henrique BorriHenrique Borri

Henrique Borri é oficial da Polícia Militar da Bahia – Aspirante 1994. Pós-Graduado em Ciências Jurídicas, comandos em operações especiais – COPES/2002, Polícia Nacional da Colômbia. Exerceu as funções de gerente geral de Segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Coordenador geral de operações e diretor substituto da Força Nacional de Segurança Pública, além de coordenador geral do Grupo de Trabalho para a Segurança da Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo 2014 – Ministério da Justiça.




Estamos no Facebook