home ›› Notícias ›› MAQUINÁRIA VAI RELANÇAR LIVRO DE GENETON MORAES NETO

Notícias

MAQUINÁRIA VAI RELANÇAR LIVRO DE GENETON MORAES NETO

02/08/2013

MAQUINÁRIA VAI RELANÇAR LIVRO DE GENETON MORAES NETO

AVISO AOS NAVEGANTES: "DOSSIÊ 50" VAI SER RELANÇADO, EM OUTUBRO, EM DOIS FORMATOS: EM PAPEL E EM E-BOOK ( UM REPÓRTER EM BUSCA DOS ONZE JOGADORES BRASILEIROS QUE ENTRARAM EM CAMPO, NO MARACANÃ, PARA ENFRENTAR O URUGUAI ). E VEM AÍ UM DOCUMENTÁRIO PARA A GLOBONEWS

Nunca fui repórter esportivo, mas sempre tive curiosidade sobre uma partida que entrou para a história como a mais dramática e mais inesperada derrota já sofrida pelo futebol brasileiro numa Copa do Mundo. Quem nunca ouviu falar do celebérrimo naufrágio do Brasil diante do Uruguai na Copa de 50 ?

O Brasil precisava apenas empatar. Vinha de duas vitórias por goleada. Era favoritíssimo. Ia ser - com certeza - campeão do mundo pela primeira vez. Tudo parecia conspirar a favor: o Brasil fez um a zero no segundo tempo, diante de um Maracanã ensandecido de alegria. O impossível, então, resolveu entrar em campo: o Uruguai virou o jogo para 2 a 1. O estádio ficou mudo. Ah, Ghiggia: você tinha de acertar aquele chute torto ?

Sempre achei que os derrotados, os esquecidos, os renegados, os dissidentes são mais interessantes que os vitoriosos.

Resolvi, então, arregaçar as mangas e botar o pé na estrada, por conta própria, em busca dos onze jogadores brasileiros que entraram em campo para decidir a Copa de 1950. ( não esperei nem nunca procurei por patrocínios. Se fosse esperar, não teria feito nada ). Consegui ouvir os onze. O resultado da expedição: cerca de 14 horas de entrevistas - feitas entre 1986 e 1987.

Pude ver que, por trás da derrota, escondiam-se dramas humanos: o estigma do naufrágio acompanharia os jogadores pelo resto da vida. Valia a pena ouvir a voz dos "renegados".

A garimpagem virou um livro-reportagem: "Dossiê 50", lançado em 2000 e já esgotado.

Agora, treze anos depois, o Dossiê 50 ganhará duas novas edições, ambas em outubro. Confirmado !

Uma - em papel - será lançada pela Maquinária Editora.

A outra - em formato digital - sairá pela e-Galáxia, uma nova editora de São Paulo, especializada exclusivamente em e-books. É comandada por três feras: Antonio Carlos Espilotro, Tiago Ferro e Mika Matsuzake:

( http://www.e-galaxia.com.br/ )

As gravações que garimpei servirão de base para um documentário que a Globonews exibirá também em outubro.

Em suma: Dossiê 50 vem aí, em três frentes: livro, e-book e documentário para a TV.

O locutor-que-vos-fala espera, assim, dar uma pequena contribuição à memória do futebol brasileiro.

O que diabos um repórter pode fazer na vida, além de tentar salvar a memória do que passou ?

Agora, é hora de começar a mergulhar na ilha de edição, para transformar em documentário a memória estilhaçada em mil pedaços. Só aí a expedição rumo ao naufrágio de 50 estará completa.

FONTE: FACEBOOK - GENETON MORAES NETO

Estamos no Facebook